Docente do curso de Enfermagem publica artigo sobre parto cesáreo em Guanambi

Publicado em 30 de outubro de 2018.


Analisar os fatores associados à ocorrência do parto cesáreo em um hospital público no ano de 2014, foi o objetivo do estudo publicado pela Revista Baiana de Saúde Pública, de autoria da Profa. Cinoélia Leal, das enfermeiras Leide Mamédio, Mônica Brito, Elaine Santos e do enfermeiro Vandeilton Oliveira, todos egressos do curso de Enfermagem da UniFG.

O artigo “Fatores associados à ocorrência do parto cesáreo em um hospital público da Bahia” teve uma abordagem quantitativa, com amostra probabilística de 263 partos realizados no Hospital Regional de Guanambi, Bahia. Utilizou-se como coleta de dados os prontuários de  parturientes  que  tiveram  o  parto realizado no período de 1 de janeiro de 2014 a 31 de dezembro do mesmo ano.

Um formulário foi elaborado com base em estudos anteriores e manuais técnicos nacionais e internacionais, referentes aos objetivos do estudo, contendo perguntas sobre a história médica e obstétrica, características demográficas e socioeconômicas (idade materna, estado civil, escolaridade, renda familiar).

De acordo com os autores, existe uma tendência maior no número de realização de partos cesariana em detrimento do parto normal nas instituição de saúde estudada.

“Diante da importância do ciclo gravídico-puerperal para a saúde da mulher e indicadores de saúde populacional, faz-se necessário estudar, junto aos profissionais de saúde, quais são os fatores que são associados à ocorrência de partos cesáreos nos serviços de saúde pública, buscando identificar questões que possam diminuir o número de cesariana desnecessária e as complicações decorrentes desse processo” conclui a pesquisa.