IDCT e CAJU recebem membros da Caritas Diocesana de Caetité para discutir o projeto “Acesso à Justiça na Comunidade”

Publicado em 28 de novembro de 2019.


Representantes do Instituto UniFG para o Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia do Semiárido Brasileiro (IDCT) e do Centro de Estudos sobre Acesso à Justiça – CAJU (PPGD-UniFG) receberam, na manhã de hoje (28) os integrantes da Caritas Diocesana de Caetité para dialogar sobre as etapas de execução do projeto “Acesso à Justiça na Comunidade”.

O projeto foi proposto pelo grupo de pesquisa de Centro de Estudos sobre Acesso à Justiça – CAJU, que é vinculado ao Programa de Pós-Graduação stricto senso em Direito e foi aprovado pelo Edital de recursos do Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS), formado pela Campanha da fraternidade-2019 e tem como objetivos mobilizar a comunidade para a conquista e a efetivação de direitos pelo conhecimento e superação dos obstáculos ao acesso à justiça, identificar os principais conflitos de interesse da comunidade, construir espaços informativos e cursos de capacitação básica sobre direitos, proporcionar rodas de conversa sobre o papel das serventias extrajudiciais e sobre a mediação comunitária, além de fortalecer a comunidade na identificação de seus direitos/deveres e na resolução dos conflitos.

Para a Profa. Deborah Marques, a iniciativa reforça a política de ações institucionais da UniFG que busca promover a melhoria da qualidade de vida no semiárido. “Neste sentido, o projeto ‘Acesso à Justiça na Comunidade’ a ser desenvolvido pelo PPGD-UniFG e Caritas Diocesana de Caetité cumpre a missão do IDCT, que foi criado como plataforma que busca o fortalecimento e a articulação dos sistemas que envolvem o ensino, pesquisa, extensão e inovação”.