background

NUPEX

NUPEX – Grupos de Pesquisa


1. ANTILABORATÓRIO DE DIREITO ANIMAL (ANDIRA)

Líder: Daniel Braga Lourenço

Pesquisadores:Edilaine Neves Fernandes, Norma Sônia Novaes, Sarah Caroline V.M. Camelo, Giovanna R. Fagundes, Daniel Durães Oliveira, Jardel Nilton Siqueira, Anderson Milhomem Vasconcelos e Poliana Fernandes da Silva Santos.

Estudantes: Aroldo Fernandes Guimarães Neto e Jussara de Araújo Fernandes

Descrição do ANDIRA: O Antilaboratório de Direito Animal – ANDIRA, vinculado ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da UniFG, iniciou suas atividades em 2017, integrando docentes e discentes dos cursos de Mestrado. Entre seus objetivos está a pesquisa interdisciplinar concentrada na área da Ética Aplicada aos animais e à natureza e a realização de atividades de extensão envolvendo Ética e Direito. A premissa que orientou a formação do Antilaboratório passa pela necessidade de repensar e redesenhar o estatuto jurídico e moral da animalidade e de questionar a lógica excludente das teorias da justiça que instrumentalizam a natureza e os animais.

________________________________________________________________________________

2. GRUPO DE PESQUISA BIOTEC

Líder: Alanna Cibelle Fernandes Pereira e Eldevan dos Santos Silva

Pesquisadores: André Wilson Nazareth Veloso, Carlos Eduardo Alves de Souza, Helen de Morais Alves de Souza, Mirelle Costa Pignata Viana, Ricardo Costa de Moraes Júnior e Thiago Rodrigues da Silva.

Estudantes: Álisson Neves Santos, Anna Clara Queiroz Cunha, Ayala Barbosa Nogueira, Deisy Ailla Mendes Magalhães, Gisele Cardoso dos Santos, Ian Matos Pimentel, Jancinara Flora Gama , Jaqueline Pereira Costa, João Vitor Leão da Silva, Larissa Teixeira Carvalho, Mayara Couto Santos, Natanael Oliveira Guimarães, Sara Loammy Brandão Vieira Rocha, Skarlet Bruna Cardoso De Mello e Vanessa Alves Teixeira Cruz.

Descrição do BIOTEC: O Grupo de Pesquisa  BIOTEC –  possui como objetivo realizar estudos que visem o uso de processos microbiológicos, organismos vivos e biossistemas para produzir novas práticas e produtos que melhorem a qualidade da vida humana.  De caráter sistêmico e interdisciplinar, buscamos vincular os trabalhos desenvolvidos com diversas ciências, entre elas: química, bioquímica, neurociência, engenharia enzimática, engenharia química e industrial, engenharia de alimentos, microbiologia, engenharia genética, engenharia clássica, entre outras. Os produtos de origem biotecnológica se enquadram em uma ampla diversidade, no BIOTEC, englobamos a pesquisa aplicada que busca estudar as propriedades químicas, bromatologicas e farmacológicas de substâncias naturais, modificadas ou sintéticas, assim com, sua possível utilização na formulação de produtos.

________________________________________________________________________________

3. CENTRO DE ESTUDOS SOBRE ACESSO À JUSTIÇA 

Líderes: Angela Araújo da Silveira Espindola e Flávio Barbosa Quinaud Pedron

Pesquisadores: Angela Araújo da Silveira Espindola, Flávio Barbosa Quinaud Pedron e João Paulo Soares e Silva

Estudantes: Ana Paula Gabriel Getúlio Dornelles da Rosa, Antonio Souza Lemos Junior, Ariella Chaves Rocha, Cyntia Cordeiro Santos, Daniel Reis Alves dos Santos, Hudson Fortunato de Faria Neto, Jeferson de Oliveira Mendes, Leonardo Francisco de Souza, Nilza de Souza Santana Oliveira, Rebeca Souza Henriques Silva, Taise Daiana lopes Lessa e Zilmara Barreto da Silva.

Descrição do Centro de Estudos sobre Acesso à Justiça: O Centro de Estudos sobre Acesso à Justiça destina-se a realizar estudos, investigações e avaliações do funcionamento e a atuação do sistema judiciário, partindo de análises locais, estaduais e regionais visando, num futuro próximo, um mapeamento nacional e comparativo sobre o acesso à justiça, a partir de uma perspectiva não só quantitativa mas também qualitativa. As pesquisas empíricas, com apoio do Observatório do Semiárido Nordestino da UniFG, pretendem fornecer instrumental para a realização de um diagnóstico sobre questões judicializadas ou potencialmente judicializáveis, bem como a identificação de situações que possam ser utilizadas como estudo de caso. As pesquisas teóricas pretendem categorizar os óbices ao acesso à justiça quantitativo e qualitativo em: econômicos, geográficos, políticos, processuais, psicológicos e culturais, evidenciando o tensionamento entre a igualdade jurídico-formal e as desigualdades socioeconômicas. Pretende-se, para além do diagnóstico do funcionamento do poder judiciário brasileiro e da compreensão acerca dos obstáculos para o acesso à justiça e efetivação dos direitos, arriscar alternativas possíveis para os problemas detectados.

________________________________________________________________________________

4. DIREITO À CIDADE NO SEMIÁRIDO NORDESTINO

Líder: Deborah Marques Pereira

Pesquisadores: Marcos Esdras Leite, Edilaine Neves Fernandes e Hellen Pereira Cotrim Magalhães

Estudantes: Felipe Teixeira Dias e Nário Jardel Martins de Oliveira

Descrição do grupo: Partindo da premissa de que as cidades são formações complexas e multidimensionais, e não meramente de epifenômenos, observa-se que as realidades das cidades tornam-se cada vez mais complexas e as tensões decorrentes das desigualdades sociais, culturais e econômicas manifestam-se de forma mais latente. Nesse contexto, o Núcleo Direito à Cidade no Semiárido brasileiro objetiva identificar e monitorar o cumprimento do Estatuto da Cidade, analisando os instrumentos que versam sobre o cumprimento da função social da propriedade, no contexto de políticas e programas municipais e projetos urbanos vislumbrados para o contexto do  semiárido nordestino. Além disso, busca-se através de pesquisas aplicadas e multidisciplinares fornecer subsídios técnico-científicos para que a sociedade civil organizada e suas redes possam participar debater políticas, programas e projetos municipais visando à melhora do ambiente urbano no Semiárido brasileiro.

________________________________________________________________________________

5. GÊNERO, SAÚDE E POPULAÇÕES VULNERÁVEIS 

Líder: Pablo Luiz Santos Couto

Pesquisadores: Pablo Luiz Santos Couto, Samantha Souza da Costa Pereira, Tarcísio da Silva Flores e Edmilson Nascimento.

Estudantes: Jaine Silva Fonseca, Karina; Maria Zilda Bandeira Silva, Maria Luisa Pereira Neves, Adson da Conceição Virgens, Hortência Silva Baleeiro, Mikaely Magda Silva Fernandes, Jader da Silva Ramos, Luana Costa Ferreira e Gisele Almeida Ferreira.

Descrição do grupo:  O grupo se empenha em pesquisar o processo saúde-doença das populações vulneráveis, possibilitar promoção à saúde a tais grupos marginalizadas socialmente, assim como à garantia dos direitos legais dessas pessoas que historicamente e culturalmente sofrem com os estigmatizas sociais. Por fim, ampliar o conhecimento científico desse grupos sociais vulnerabilizados que sofrem de iniquidades sociais. Atualmente há dois projetos de pesquisa ‘guarda-chuva’ em andamento (Um documental sobre o panorama da síndrome HELLP no alto sertão produtivo e outro com profissionais do sexo, na perspectiva da sexualidade e da qualidade de vida) e um projeto de extensão em parceria com a Universidade do Estado da Bahia – CAMPUS Guanambi (Oficinas educativas com crianças e adolescentes escolares em situação de vulnerabilidade: prevenção do abuso sexual na infância).

________________________________________________________________________________

6. GRUPO DE ESTUDO E PESQUISA EM SUICÍDIO (GEPS)

Líder: Weslley Gomes Valadares

Pesquisadores: Edna Ferreira Guimarães Nascimento, Maria Elisa Lima Barros, Miriã Lima, Weslley Gomes Valadares e Marlúcia Malheiros Souza

Estudantes: Emília Rodrigues Guimarães; Harllen Eric Benevides de Castro; Mairla Clara dos Santos.

Descrição do GEPS: A temática do GEPS surge a partir das discussões entre membros do Colegiado do curso de Psicologia que, intrigados com as recorrentes notícias de suicídios de jovens na região do Sudoeste Baiano, propuseram realizar uma análise mais profunda sobre o tema. Desde sua criação, em 2017, o Grupo vem contribuindo com o debate acadêmico sobre o suicídio, através da produção de artigos, participação em congressos e promoção de eventos acadêmicos, auxiliando o debate público do tema. Além disso, faz parte dos objetivos do grupo o levantamento e produção de dados sobre as ocorrências de suicídios na região, para que desta forma um banco de dados sirva de consulta tanto aos acadêmicos quanto profissionais de saúde e a população em geral para possíveis campanhas; bem como para a detecção de ocorrências que se intercruzam o fenômeno do suicídio.

________________________________________________________________________________

7. (GE)²SA: GRUPO DE ESTUDO EM GEOTECNOLOGIA E SANEAMENTO AMBIENTAL 

Líder: Thomas Leonardo Marques de Castro Leal

Pesquisadores:Otacisio Gomes Teixera, Humberto Laranjeira de Souza Filho e Luísa Magalhães Araújo

Estudantes: Bruna Michelly Rego Novais, Mateus Ribeiro Caetano, Elizana Montalvão Barros, Mirelle Cotrim Passos; Keila Ladeia, Emerson Batsta Silva e Jonhantan Santana Santos.

Descrição do (GE)²SA: Grupo de Estudo em Geotecnia e Saneamento Ambiental – (GE)²SA – é de caráter multidisciplinar tendo como tópico o estudo as condições, elementos e dinâmicas socioambientais do semiárido, bem como a caracterização dos processos do meio físico e a previsão de alterações a que estes processos estão sujeitos face a implementação de obras civis. O (GE)²SA tem por objetivo ampliar o conhecimento dos fenômenos de poluição das águas, do ar e do solo, decorrentes tanto de atividades domésticas quanto industriais e de serviços, bem como soluções de problemas geotécnicos, avaliação de impacto ambiental, recuperação de áreas degradadas, monitoramento ambiental e estudo de viabilidade de áreas para implantação de aterros.

________________________________________________________________________________

8. GEOTECNOLOGIAS APLICADAS AOS ESTUDOS AMBIENTAIS E URBANOS NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

Líder: Carlos Magno Santos Clemente

Pesquisadores:Deborah Marques Pereira, Erikson de Matos Domingues, Gabriel Alves Veloso, Luciene Rodrigues de Queiroz, Marcos Esdras Leite e Pablo Kristian Trindade Campos.

Estudantes: Anna Clara Brandão Lima Nascimento, Felipe Teixeira Dias, Jardel Gybson Soares Costa, Mateus Ribeiro Caetano e Nário Jardel Martins de Oliveira.

Descrição do grupo:  A linha de pesquisa “Geotecnologias aplicadas aos estudos ambientais no semiárido brasileiro” tem como intuito desenvolver pesquisas aplicadas no semiárido brasileiro. E como principais fenômenos analisados a precipitação pluviométrica, modificação da cobertura vegetal,temperatura superficial, urbano entre outros. O grupo conta com pesquisadores do Centro Universitário UniFG, Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes e a Universidade Federal do Pará.

________________________________________________________________________________

9. SerTão – NÚCLEO BAIANO DE DIREITO E LITERATURA

Líderes: André Karam Trindade e  Henriete Karam

Pesquisadores: André Karam Trindade e Henriete Karam

Estudantes: Guilherme Gonçalves Alcântara, Karoline de Oliveira Silva, Ricardo Ribeiro de Oliveira, Caroline Carneiro Gusmão, Alex Meira Alves, Ana Aparecida Silva, Suellem Aparecida Urnauer, Ana Luiza Bezerra Chagas, Tiago Silva Rodrigues, Danúbia Maria da Silva Gomes, Hellen Myllena Bueno Matos, Maiana Celeste Neves Pereira, Mylena Pereira Silva, Philipe Azevedo Ribeiro, Ludmila de Almeida Carvalho, Eva Maressa Pereira da Silva, Daniela da Silva Ferraz, Tâmyli Saielly Silva Pereira, Mayra Alexandra Santana Santos

Descrição do SerTão: O SerTão – Núcleo Baiano de Direito e Literatura integra docentes e discentes do mestrado e da graduação, além de pesquisadores de outras instituições. Entre seus objetivos está o desenvolvimento de pesquisas e a realização de atividades de extensão que discutem os fundamentos e a efetividade do direito a partir do diálogo com a literatura.

________________________________________________________________________________

10. NÚCLEO DE PESQUISA DA CONSERVAÇÃO E BIODIVERSIDADE DO SEMIÁRIO – CONBIOS 

Líder: Elder Assis Miranda

Pesquisadores:Euler Melo Nogueira, Eldevan dos Santos Silva, Gabriel Cotrim de Souza, Maria Adonay Melo Nogueira e Juliana Mendonça dos Santos Lopes

Estudantes: Marcony Borges Viana, Cássia Milene Ribeiro Lopes e Ana Clara de Carvalho Araújo

Descrição do CONBIOS: O CONBIOS desenvolve pesquisas aplicadas em Ecologia e conservação de populações; Genética da conservação; biomassa florestal; impactos ambientais e recuperação de áreas degradadas; manejo e conservação do solo e água das Bacias Hidrográficas; e novas tecnologias aplicadas ao desenvolvimento sustentável. Nesse sentido, as pesquisas desenvolvidas no âmbito do CONBIOS visam orientar a elaboração de políticas públicas e propor estratégias que fortaleçam o desenvolvimento sustentável regional.

________________________________________________________________________________

11. NÚCLEO DE PESQUISA EM TOXICOLOGIA AMBIENTAL E OCUPACIONAL NO SEMIÁRIDO – ToxicAOS

Líder: Gustavo Freitas de Sousa Viana

Pesquisadores:Gabriel Cotrim de Souza, Ana Paula Malheiros Knoop, Karla Brito Oliveira E Alanna Cibelle Fernandes Pereira

Estudantes: Alexia Milena Nogueira Souza, Ang[elica Antunes Oliveira, Barbara Cruz Boa Sorte, Luana Silva Cardoso, Jéssica Batista Gomes, Jéssica Tamara da Silva Ladeia, Joyce Fabrine de Castro Carvalho E Paloma Oliveira Silva

Descrição do ToxicAOS: O Núcleo de Pesquisa Toxicologia Ambiental e Ocupacional no Semiárido tem como intuito Realizar pesquisa aplicada na área da toxicologia ambiental e ocupacional em pessoas expostas a agentes tóxicos no semiárido brasileiro. No Semiárido Brasileiro localizam-se variadas fábricas e/ou indústrias que, por meio dos processos industriais, liberam poluentes gasosos ou na forma de material particulado para a atmosfera, o que acaba contaminando o ar e o solo das regiões circunvizinhas. Tanto os trabalhadores quanto a população que reside nas proximidades destas empresas são passíveis de sofrerem as consequências decorrentes da exposição aos poluentes emitidos durante o processo industrial. Além disso, uma forma importante de exposição a xenobióticos para a população em geral é a ingestão de alimentos e água contaminados. Destaca-se neste contexto a exposição aos metais pesados, como chumbo, arsênio, mercúrio, cádmio, manganês, entre outros. Tais metais estão presentes na composição de alimentos que foram cultivados em solos ricos nos respectivos metais. Diante dessa conjuntura, o Núcleo de Pesquisa Toxicologia Ambiental e Ocupacional tem como linhas de pesquisa: Avaliação de toxicidade de produtos naturais, Biomonitorização da exposição humana a metais pesados, Contaminação de alimentos por metais pesados, Descarte de medicamentos e impacto ambiental.

________________________________________________________________________________

12. NÚCLEO DE ESTUDOS DE DIREITO, ECONOMIA E INSTITUIÇÕES  (NEDEI)

Líderes: Alfredo Copetti Neto, Elpidio Luz e Karoline França Bastos Cunha

Pesquisadores: Sérgio Urquhart de Cademartori, André Luiz Nicolitt, Aline Lima Melo Novais, Caio Coêlho de Oliveira, Denis Márcio Jesus Oliveira, Diego Emerson Silva Costa, Fadima Nakhala Darian e Silva, Janaína Silveira Castro Bickel, Jarbas Soares Rocha, Jardel Nilton Siqueira, Jefferson de Oliveira Mendes, Karoline França Bastos Cunha, Lucas Gabriel Ladeia Cirne, Murillo Ricart Mendes Souza, Osvaldo Veles Vidal, Rosane da Silva Lima, Verana Marques Rosa Matos e Vitor Chaves Bonfim.

Estudantes: Amanda Alves Costa, Ana Clara Teixeira Domingues, Anna Karolline Ferreira Benevides, Bruna Rafaela Mendes Fernandes, Bruno Silvão Miranda, Ketlhen Rayane Nunes de Sá Teles, Maeli Marta Muniz Ribeiro, Nathália da Silva Santos, Raphaella Silva Ribeiro;Rita de Cassia Pereira de Oliveira, Taynara  de Castro D. Rocha e Victória Catarina M. D. da Costa.

Descrição do NEDEI: O NEDEI – Núcleo Núcleo de estudos de direito, economia e instituições –, vinculado ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da UniFG, iniciou suas atividades em 2018, integrando docentes e discentes dos cursos de mestrado e da graduação. Entre seus objetivos está o desenvolvimento de projetos e pesquisas que envolvem, de algum modo a nuance direito, economia e instituições sob o prisma amplo do garantismo jurídico e da estrutura jurídica de garantias. O grupo tem sua dinâmica organizacional encontros mensais; as temáticas são desenvolvidas a partir dos Seminários Temáticos articulados pelos pesquisadores que integram o grupo de pesquisa. Compartilham de material teórico e bibliográfico que serve como instrumento para produção de textos científicos, palestras, comunicações orais, produções técnicas e científicas que ganham publicidade a partir do compartilhamento do site institucional da Rede Garantismo Brasil, visibilidade expandida a partir das múltiplas plataformas digitais. O grupo também se empenha na organização de múltiplos eventos científicos em todo o Brasil por meio da articulação dos seus membros.

________________________________________________________________________________

13. NÚCLEO INTERDISCIPLINAR DE PESQUISA EM SAÚDE COLETIVA

Líder: Tarcísio Viana Cardoso

Pesquisadores: Tarcísio Viana Cardoso, Ana Karla Araújo E Luísa Magalhães Araújo.

Estudantes:Alana Maria Alves Costa, Alisson Neves Santos, Carolayne Fernandes Prates, Danielle Freire Bomfim, Fabiana Caroline Neves Sousa, Gustavo Ferreira Cunha, Tarcísio Teixeira Carneiro E John Éricles Ribeiro de Souza.

Descrição do NIPESC: Criado em 2015, o Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas em Saúde Coletiva (NIPESC) tem por finalidade produzir e disseminar conhecimentos por meio do desenvolvimento de investigações epidemiológicas aplicadas de características interdisciplinares e multidisciplinares. Nesse contexto, o Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas em Saúde Coletiva considera as características sociais, culturais, econômicas, demográficas da região e suas influências no contexto da saúde das populações. Para tanto, visa contribuir cientificamente com o processo de gestão, organização e implementação das políticas públicas de saúde no semiárido nordestino.

________________________________________________________________________________

14. SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Líder: Cinoélia Leal de Souza

Pesquisadores:Cinoélia Leal de Souza e Paula Luisa Melo Barros

Estudantes: Leandro da Silva Paudarco, Denise Lima Magalhães, Adson Conceição Virgens, Daniela Teixeira de Souza,Gabriela Pimentel Marques, Jaqueline Lopes Prates e Jayne Santos Silva

Descrição do GEPS: O grupo Saúde e Meio ambiente atua no cerne das discussões em prol do estudo das relações entre a saúde e o meio ambiente nas práticas de promoção da saúde, e as suas implicações para a promoção da saúde ambiental, com atividades de pesquisa e extensão.

________________________________________________________________________________

15. CENTRO DE INVESTIGAÇÃO BAIANO SOBRE DIREITO, EDUCAÇÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS

Líder: Cláudio Carneiro Bezerra Pinto Coelho

Pesquisadores: Hellen Pereira Cotrim Magalhaes, Norma Sonia Novaes Santos, Dalton Max Fernandes de Oliveira, Diego Emerson Silva Costa, Anderson Milhomem Vasconcelos, Bruno Miola da Silva e Maria Laura Oliveira Biscotto.

Estudantes: Jaine Oliveria Santos, Wéslla Araújo Silva e Jaianne Nogueira de Souza.

Descrição do grupo: Este grupo está vinculado ao PPGD da Faculdade Guanambi e reúne docentes, mestrandos, alunos da pós-graduação e da graduação de diversas instituições. O objetivo do grupo de pesquisa é analisar as Políticas Públicas à luz de determinadas Teorias e seus reflexos na sociedade brasileira.