SerTão realiza na UniFG o II Encontro Interinstitucional de Grupos de Pesquisa em Direito e Literatura da Bahia

Publicado em 13 de dezembro de 2019.


Nos dias 11 e 12 de dezembro, o SerTão – Núcleo Baiano de Estudos em Direito e Literatura, ligado ao PPGD – UniFG, realizou o II Encontro Interinstitucional de Grupos de Pesquisa em Direito e Literatura da Bahia. O evento reuniu pesquisadores de grupos de estudos da UniFG, da UFBA e da UNEB – campus I com o objetivo de promover reflexões acadêmicas sobre as noções de moral, ética, justiça, emancipação, Direitos Sociais e Direitos Fundamentais contextualizadas a partir de elementos e situações rotineiras típicas do sertão.

De acordo com a Profa. Henriete Karam, os estudos em Direito e Literatura têm se tornado cada vez mais populares no Brasil, sobretudo a partir do contato com outras instituições da América Latina. Para a Profa., eventos como esse são fundamentais para a troca de experiências entre os pesquisadores. “É uma forma de compartilhar temas, interesses e nos tornarmos mais próximos de outras instituições de ensino superior com as quais nós temos parceria e podemos desenvolver um trabalho melhor, agregando os nossos pesquisadores aos novos temas”.

Na tarde do dia 11, a Profa. Henriete Karam ministrou uma Oficina Literária. Após um intervalo, foi exibido o filme Abril Despedaçado, do diretor Walter Salles, seguido de reunião dos grupo de trabalho para debate do filme. Na manhã do dia 12, foram realizados painéis de apresentação e debates, além de exposição das produções dos grupos de Pesquisa participantes.

Para o professor Antonio Sá da Silva, da Faculdade de Direito da UFBA, foi uma satisfação vir à UniFG discutir esse assunto. “Esse encontro, aqui em Guanambi, é também importante pelo fato de mostrar que existe uma faculdade com um programa de pós-graduação com esse nível, com tantos trabalhos, desenvolve em mim a convicção de precisamos cada vez mais interiorizar essas discussões de alto nível, que durante muito tempo, ficaram concentradas nas capitais.”

O estudante Gabriel Fernandes Carvalho Santos, do Grupo de Estudos em Direito e Literatura da UNEB – campus I, afirma que o encontro com outros pesquisadores foi estimulante. “Foi uma honra fazer parte desse encontro aqui em Guanambi. Tivemos a oportunidade de debater, entre livros e filmes as concepções da perspectiva do Direito na Literatura e como Literatura. Esperamos que os próximos encontros sejam tão ricos e produtivos quanto esse”.