Solenidade de Abertura dá início a Semana da Consciência Negra

Publicado em 18 de novembro de 2019.


No sábado (16) aconteceu, no auditório da Câmara de Vereadores de Guanambi, a Solenidade de Abertura da Semana da Consciência Negra, evento organizado pelo Grupo Afromaleko e que tem o apoio da UniFG.

A programação da noite teve início com uma apresentação da banda Curumim, projeto com crianças desenvolvido pelo Afromaleko. A mesa de abertura teve a participação do Prof. Fabrício Lopes, de Reinaldo Lopes, do grupo Afromaleko, de Fátima Brito, representando o secretário de cultura do município e da Profa. Adriana Bomfim, coordenadora de cultura da UniFG.

A Profa. Adriana Bomfim agradeceu, em nome da UniFG, a oportunidade de participar de uma discussão tão importante, e reforçou o compromisso da instituição com a formação de seres humanos e profissionais íntegros, que prezem pelo respeito ao outro, por posturas éticas e comprometidas com a inclusão em todas as suas dimensões. “Consideramos nosso dever trabalhar e articular com parceiros, como o Afromaleko, em prol de iniciativas que promovam espaços de reflexão e ações, como essa que se inicia hoje, as quais consideramos imprescindíveis para que possamos mudar a realidade social imersa em preconceito, intolerância e na prática do discurso de ódio”.

Em seguida, ocorreu uma Roda de Conversa com a presença do Prof. Sebastião Carvalho, da Uneb, o represente do Candomblé Cleiton Emerson Ferreira Novaes, que é funcionário da UniFG, a representante da Comunidade Quilombola do Rio das Rãs, Andreia Marques, e a enfermeira Rosilene das Neves Pereira, que mediou a roda e relatou sua pesquisa de mestrado sobre a saúde do negro no Brasil.

Os convidados destacaram ainda temas pertinentes à questão racial no Brasil, como escravidão, preconceito, racismo, o lugar do negro na sociedade, as conquistas e movimentos de resistência ao longo da história, questões relacionadas à exclusão no acesso à saúde e, sobretudo, à desigualdade e ausência de equidade social que ainda permanece no Brasil até os dias atuais.  Para finalizar a noite, houve o lançamento de dois livros de literatura infantil que abordam temáticas relativas aos temas tratados, do autor Avandelson Ferreira.

A programação da Semana da Consciência Negra teve, no dia 17, oficina de turbantes, roda de capoeira e roda de debates. O encerramento será com o desfile do Cortejo Afro na quarta-feira, dia 20. Confira a programação:

Programação

Dia 18 – 18 h – Ensaio geral (rua Ana Nery);

Dia 19 – 18 h – Oficina de percussão (rua Ana Nery);

Dia 20 – 19 h – Cortejo pelas ruas da cidade (concentração na rua Ana Nery).