V Semana Pedagógica da UniFG debate o ensino remoto em tempos de pandemia

Publicado em 1 de julho de 2020.


Nesta segunda (29), teve início a V Semana Pedagógica da UniFG. Com o tema “Educação em movimento: novos desafios e novas possibilidades”, o evento visou, a partir de palestras e debates, preparar o corpo docente para a atuação nesta nova realidade que se apresenta através do isolamento social.

O evento teve início às 14h15, com apresentação de abertura feita por Caliane Castro, do CPP – Centro Pedagógico e Psicopedagógico da UniFG. Em seguida, foi a vez de Gustavo Fagundes conversar com os professores, apresentando a palestra “O contexto regulatório na Educação Superior em tempos de pandemia”. Durante sua palestra, o Prof. Fagundes apresentou os dispositivos legais que regulam o ensino e a prática de estágios nos formatos de Ensino Remoto e Ensino à Distância (EaD).

Mais tarde, às 19h, Jairlla Barreto, do CPP, recepcionou os professores com uma homenagem em vídeo, e em seguida foi realizada a palestra “Ensino Remoto intencional: Como promover aprendizagens significativas?”, com o Prof. Paulo Tomazinho. Durante a atividade, os docentes da UniFG e o Prof. Tomazinho conversaram sobre as melhores estratégias para promover a aprendizagem dos alunos neste cenário de incerteza sobre o retorno das aulas presenciais e de utilização do ensino remoto.

O dia 30 teve início com a apresentação da profa. Janaína Mourão, com o tema “Engajamento discente: Possibilidades de interação na sala de aula”. Com participação ativa dos docentes, foram discutidos os papéis das universidades e do ensino superior, e como uma docência que promova maior significado ao conteúdo pode garantir um maior engajamento dos alunos no processo de aprendizado. A Profa. Mourão apresentou também técnicas que podem garantir a participação dos estudantes durante a aula, garantindo uma aprendizagem mais significativa.

Às 18h30, a Vice Reitora Dayana Nogueira encerrou a V Semana Pedagógica parabenizando os professores pelo excelente trabalho realizado sob circunstâncias tão adversas e incentivando-os a começar o próximo semestre com confiança no poder transformador da educação.